18 | 09 | 2014

Linhas de ônibus do Campos Verdes serão modificadas

Mudança foi anunciada pela Prefeitura durante reunião no bairro

As linhas de ônibus que atendem a região do bairro Jardim Campos Verdes sofrerão modificação nos próximos 90 dias. A informação foi passada pelos representantes da Prefeitura de Hortolândia durante uma reunião com moradores, realizada no começo do mês, no salão da Paróquia Nossa Senhora Aparecida dos Campos Verdes, para discutir problemas sobre o transporte público municipal e intermunicipal.

Nos próximos 90 dias, as atuais linhas 697 e 698 do transporte intermunicipal, serão substituídas por novas linhas municipais que atenderão melhor a população. A informação foi passada pelos funcionários da Administração Municipal,  o chefe do Setor de Transporte, Aparecido Serafim e o auxiliar administrativo Sidney Fraga. Eles estiveram na reunião representando o prefeito Antônio Meira e o secretário de Planejamento Urbano Marcelo Zanibon.

As atuais linhas da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), têm partida do Terminal Metropolitano de Hortolândia, e parada final no Terminal Metropolitano Prefeito Magalhães Teixeira, em Campinas e atendem aos bairros Jardim Campos Verdes, Jardim Santa Clara, Jardim São Sebastião, Jardim São Miguel, Jardim Interlagos e Residencial Maria de Lourdes.  Os representantes da Prefeitura não informaram exatamente qual será o itinerário das novas linhas.

A reunião foi organizada pelo vereador Cleuzer Marques de Lima, o John Lenon (PT), e tinha como principal objetivo tirar as dúvidas da população sobre os problemas enfrentados no transporte público que atende a cidade, tanto municipal quanto intermunicipal. O parlamentar convidou, além do prefeito e secretário – que não puderam comparecer, mas mandaram os representantes –, as empresas permissionárias Viação Boa Vista e Lira, responsáveis pelos transportes intermunicipal e municipal, respectivamente. Nenhuma das duas empresas mandou representantes.

Ainda durante a reunião os moradores reclamaram sobre o desrespeito ao itinerário, frequentes atrasos, excesso de passageiros nos horários de pico, o alto valor da passagem, falta de limpeza e manutenção dos coletivos. “Entre estes problemas, os moradores também reclamaram de situações onde o passageiro entra pela porta de trás e paga a passagem ao cobrador. Este problema já foi denunciado, mas isso só traz transtornos para a população, pois as empresas não têm como registrar o número correto de passageiros e acabam cancelando algumas linhas, que supostamente, não têm tanta procura”, explicou o vereador.

Mais melhorias. Também foi passado aos moradores que a cidade ganhará mais 400 abrigos nos pontos de ônibus. “Isso trará mais conforto para quem espera para usar o transporte coletivo na cidade. O pessoal da prefeitura também relembrou que o valor da passagem dentro do município terá diminuição gradativa, até chegar a R$ 1. Esta mudança é uma promessa de campanha do prefeito que beneficiará ainda mais a população que depende do transporte público”.

Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Hortolândia

Redes Sociais